No Dia Nacional da Adoção, organizações alertam para lentidão de processos no Brasil.

O Brasil tem 47 mil crianças em abrigos, mas somente 15,53% desse total podem ser adotadas. Em Fortaleza, entidades não governamentais estão mobilizadas e realizam atividades nesta semana para sensibilizar a prática da adoção e alertar sobre os problemas que tornam o processo de mais lento.

Confira a matéria de Samuel Conrado:

PROGRAMAÇÃO:

· 25 de maio (quinta, Dia Nacional da Adoção): Audiência Pública, na Assembleia Legislativa, a partir das 14h;
· 27 de maio (sábado): Caminhada da Adoção, no Aterrinho da Praia de Iracema, a partir das 16h;
· 28 de maio (domingo): Bate-Papo Adotivo, com pais e pretendentes à adoção, na Assembleia Legislativa, das 9 às 11h;
· De 15 a 17 de junho (de quinta a sábado): XXII Encontro Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção (evento nacional, sediado em Fortaleza), na Assembleia Legislativa, nos turnos manhã tarde e noite.