Exposição ‘MARIANA’ chega à Caixa Cultural Fortaleza

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 28 de agosto a 13 de outubro, a exposição Mariana, do fotógrafo baiano Christian Cravo. Baseada no livro de mesmo nome, a exposição traz 28 fotografias impressas em fine art que retratam as memórias humanas da maior tragédia ambiental do país: o rompimento da barragem de Fundão, que vitimou fatalmente 19 pessoas e desabrigou centenas de famílias em Mariana – Minas Gerais, em 2015. Com realização da Via Press Comunicação, a mostra estará aberta para visitação gratuita de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e domingo das 12h às 19h, na CAIXA Cultural Fortaleza (Avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema).

Incentivo à cultura – A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

Visita Guiada
A exposição “Mariana” terá visita guiada nesta terça-feira (27), às 20h, com o fotógrafo baiano Christian Cravo, autor das fotos que compõem a mostra. A exposição entra em cartaz na Caixa Cultura (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema) a partir de quarta-feira (28) e permanece até dia 13 de outubro. A visita é gratuita e o público terá oportunidade de ouvir os relatos sobre a experiência que o fotógrafo teve, durante três dias, registrando os vestígios da tragédia nos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo.

Christian Cravo
Christian Cravo soma 27 anos de carreira e é atualmente um dos nomes mais respeitados da fotografia contemporânea brasileira. Tem seu trabalho reconhecido internacionalmente com exposições próprias em espaços consagrados em todo o mundo. Entre seus trabalhos estão os livros ‘Irredentos’ (2000), ‘Roma noire, ville métisse’ (2005), ‘Nos Jardins do Éden’ (2010), ‘Exú Iluminado’ (2012), ‘CHRISTIAN CRAVO’ (2014), editado pela prestigiada editora Cosac & Naify, e ‘MARIANA’ (2016). Já recebeu prêmio do Museu de Arte Moderna da Bahia, do Mother Jones International Fund for Documentary Photography e da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) pela melhor exposição fotográfica de 2015.