Artigo de opinião – Taxa SELIC e investimentos

A grosso modo, a Selic é a taxa Básica de juros da economia e serve de referência para outras taxas de juros, como por exemplo, os financiamentos.

Essa Taxa Selic recebeu sucessivos cortes do Comitê de Política Monetária (COPOM) do Banco Central (BC) e atualmente, está no percentual de 2% ao ano, é um dos menores patamares desde 1996(1,8% a.a). É importante, esclarecer que a taxa Selic não representa, exatamente, os juros cobrados de quem pede dinheiro emprestado ou faz financiamentos, esta taxa é apenas um parâmetro, assim, os juros que os consumidores pagam quando solicitam empréstimos e financiamentos é bem mais alto que a Selic. Nesse sentido, é bom ficar atento há essas taxas na hora de fazer essas operações. Tem um adágio popular no mundo financeiro que diz:” não existe almoço grátis, e se existir, tome cuidado, você pode ser a sobremesa”. 

A Taxa Selic serve também, para remunerar os investimentos em renda fixa, como os CDBs (Certificados de Depósitos Bancários) e a caderneta de poupança, ou simplesmente, poupança, como a conhecemos. 

E, falando em poupança, seu dinheiro deixado lá rende menos por causa de uma regra criada em 2012, que diz que, a poupança rende 70% da Selic mais TR (Taxa Referencial), que atualmente está zero (0). Assim, a rentabilidade da poupança depende diretamente da Taxa Selic. Você precisa saber também, que os investimentos na poupança só recebem os rendimentos quando completam aniversário, ou seja, se você colocou um valor em dinheiro na poupança, só receberá os rendimentos quando completarem o mês. Se tirar antes, não recebe os rendimentos.  De modo simplificado, quer dizer que a poupança rende menos que muitos investimentos em renda fixa e quando descontada a inflação do período a nossa rentabilidade ficará ainda mais baixa, podendo, às vezes perder para a inflação. O que em termos práticos, quer dizer, que nosso dinheiro depositado na poupança perdeu poder de compra.

“A vida faz a Riqueza depender de duas palavras: Trabalho e Poupança” (Benjamin Franklin)

Quer saber mais? te convido a acessar meu Instagram @diretoenoponto,   posto muito conteúdo por lá e na BIO do meu Instagram, temos um curso EAD sobre tipos de investimentos, dicas de como se prevenir das “pegadinha” e pilares para uma adequada e permanente educação financeira. 

 

Por Profa. Dra. Valéria Bastos. 

Gestão de investimentos e Educadora Financeira. Conciliadora e Mediadora certificada pelo Conselho Nacional de Justiça. Discente do curso de Direito, com foco em gestão financeira. Mestre e Doutora na área de Saúde Coletiva, com ênfase em gestão, avaliação e políticas públicas.

——-

Você está lendo esse material graças à generosidade de muitas pessoas. Se você deseja ser um amigo fiel da FM Dom Bosco e contribuir MENSALMENTE para continuarmos nossa missão de evangelizar, preencha  o formulário abaixo, que logo entraremos em contato.